6 de jul de 2017

0

Prefeito de Bayeux tem prisão preventiva decretada após extorsão a empresário

Após a prisão em flagrante do prefeito Berg Lima (Podemos), da cidade de Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa, por extorsão a um empresário, a justiça decretou a prisão preventiva do chefe do Executivo Municipal. Com a decisão, o vice-prefeito deve assumir.

A prisão preventiva do prefeito foi decretada pelo juiz substituto do Tribunal de Justiça da Paraíba, Aluízio Bezerra, após a sua prisão em flagrante realizada na tarde desta quarta-feira (05) pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF).

Berg Lima será conduzido para o Centro de Ensino da Polícia Militar, em Mangabeira, já que tem nível superior de ensino. De acordo com o delegado Lucas Sá, titular da DDF, o preso também foi afastado das funções de prefeito, por decisão do magistrado Aluízio Bezerra.

Berg Lima foi filmado recebendo a propina no restaurante Sal e Pedra, em Bayeux. O proprietário do estabelecimento foi quem denunciou o prefeito. No momento da prisão, ele estava recebendo a quantia de R$ 3.500,00, como propina por realizar pagamento ao fornecedor da prefeitura.

Confira as imagens da extorsão do prefeito ao empresário:

Confira a entrevista do delegado Lucas Sá:


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário