16 de jul de 2017

0

Em Picuí, equipamento que foi referência para outros estados sofre com má gestão

O Centro de Processamento da Alimentação Escolar, popularmente conhecido como cozinha industrial, da cidade de Picuí, Seridó paraibano, já não é o mesmo que servia de referência para a região e era reconhecido em todo o estado. Um vídeo (confira no final da matéria) que circula nas redes sociais mostra o descaso da atual gestão municipal com o equipamento.

O local foi criado em 2005, pelo então prefeito Buba Germano (PSB), para dar mais qualidade à merenda escolar dos alunos da rede municipal e reduzir os custos para o município.

Em uma visita dos vereadores da bancada de oposição, no início do mês, várias irregularidades foram encontradas. Faltavam alimentos e alguns já estavam com a data de validade vencida. De acordo com profissionais, a falta de alguns itens é culpa da empresa vencedora da licitação que demora a realizar a entrega. Com relação a caixas de ovos fora do prazo de validade, não foi dada nenhuma explicação. A visita foi realizada no dia 04 de julho, contudo, a validade dos ovos era até o dia 21 de junho.
Questionada sobre uma denúncia de que o suco servido nas escolas estaria estragado, uma funcionária informou que a câmara de congelamento estaria com problemas e por isso algumas polpas teriam estragado. Segundo ela, ambas foram trocadas pela empresa. Contudo, em outro trecho, uma funcionária mostra uma caixa com polpas que seria jogada fora.
O Centro de Processamento da Alimentação Escolar de Picuí sempre foi destaque para a região e serviu de inspiração para vários prefeitos da Paraíba e do Rio Grande do Norte. Em 2011, o local recebeu a visita do governador Ricardo Coutinho (PSB). O mesmo conheceu as instalações, provou dos alimentos produzidos no local e parabenizou o então prefeito Buba Germano pela criação do espaço.
Em novembro de 2015, o local foi visitado pelo então prefeito de Currais Novos (RN), Vilton Cunha (PR). O gestor parabenizou a cidade e demonstrou interesse em levar a ideia para a sua cidade. 
Assim como o prefeito da cidade de Guarabira, no Brejo paraibano, Zenóbio Toscano (PSDB), que no final do ano passado também visitou o local com o objetivo de conhecer as boas práticas desenvolvidas em Picuí e posteriormente implantá-las no seu município. Além das boas práticas, o prefeito Zenóbio levou a então coordenadora da cozinha industrial, Ulenice Casado, para prestar assessoria na implantação do projeto na sua cidade. 
De acordo com as últimas denúncias apresentadas com provas pelos vereadores, o local já não pode ser considerado referência como antes. Infelizmente, atualmente o local não é tratado com o mesmo zelo que recebeu desde que foi criado até o final de 2016.

De acordo com informações colhidas pelo blog, a denúncia com as imagens deverá ser encaminhada ao Ministério Público para que as providências sejam tomadas, já que no local são produzidos alimentos e estes precisam ser manuseados com zelo e respeito aos alunos, que são seus consumidores, e ao povo de Picuí.

Confira abaixo o vídeo publicado nas redes sociais, neste sábado (15).



POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário