24 de jul de 2017

0

Em evento sobre o garimpo, Aido destaca desafios da atividade para os municípios

Em entrevista ao jornalista Lázaro Farias, no último sábado (22), durante o VII Seminário Comemorativo ao Dia Nacional do Garimpeiro, na cidade de Junco do Seridó, Seridó paraibano, o prefeito Aido Lira (PSB) destacou os desafios da atividade comercial para os municípios. Entre os desafios apontados pelo gestor, está a ilegalidade da extração.

De acordo com ele, as cooperativas são alternativas para a extração legal e também para agregar valor ao produto e qualidade de vida para os garimpeiros. “Através da cooperativa, pode agregar maior valor ao produto que ele se arrisca a tirar. Na hora que ele repassa aquele produto via cooperativa inicia uma legalidade e transforma isso em recurso que vem para o município”.


Para o prefeito, as empresas que compram o produto direto ao garimpeiro paga um valor irrisório e deixa problemas para os municípios. “As empresas chegam direto ao garimpeiro, compram a tonelada por um preço irrisório, paga a vista, mas deixa os problemas no município, a saúde, as estradas, os mata-burros, o município não arrecada nada”.

Aido ainda destacou o trabalho que é realizado na cidade de Frei Martinho no tratamento da silicose – doença respiratória causada pela inalação de poeira de minério. “Tivemos um fisioterapeuta pulmonar que desenvolveu um aparelho e junto com o consórcio de saúde demos esse suporte a esses garimpeiros, os quais precisam de maior atenção e proteção de nós que fazemos os órgãos públicos”.

Na oportunidade, prefeitos de todo o Seridó paraibano assinaram um carta com reivindicações para melhoria do garimpo e encaminharam ao Governo do Estado. Entre as demandas apresentadas, estão maior rigor na fiscalização, por parte da Receita Estadual, no escoamento da produção e medidas para minimizar a sonegação e evasão de divisas, por parte das empresas que extraem os minerais.

Acompanhe, no vídeo abaixo, toda a entrevista do prefeito Aido Lira:




POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário