6 de jun de 2017

0

Vereador Renan Furtado ameaça processar populares por “baderna” durante sessão

Durante a tumultuada sessão desta segunda-feira (05) da Câmara Municipal de Cuité, Curimataú paraibano, o vereador Renan Furtado (PSC), da bancada de oposição ao prefeito Charles Camaraense (PSL), ameaçou processar populares que se manifestavam na plateia. O parlamentar disse que no final do ano passado já havia procurado o Ministério Público e apresentou o nome de alguns populares que estariam “badernando” durante as sessões.

“No final do ano passado, juntamente com o vereador Max [Quinho], estivemos no Ministério Público, denominamos algumas pessoas, não pedimos para fazer uma representação. Mas da próxima vez eu irei fazer uma representação. E quem estiver badernando nesta casa irá aos pés do Ministério Público para dizer se essa é uma atitude moral de uma pessoa de bem vir fazer baderna na casa do povo”, disse o parlamentar.


A sessão contou com um grande número de populares, em sua maioria aliados do prefeito Charles Camaraense (PSL), e foi posterior a prestação de contas da Secretaria de Saúde do município, que seria realizada na última quinta-feira (01), mas foi cancelada pela presidência ao justificar a ausência da gestora da pasta, embora o prefeito e o vice estivessem presentes na sessão.

A decisão revoltou os aliados da Gestão Municipal, que retornaram à Casa Legislativa para protestar contra a atitude da bancada de oposição, que por ser maioria foi decisiva para o cancelamento da sessão. Ainda houve troca de acusações entre as bancadas.


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário