28 de jun de 2017

0

Sem São Pedro, comércio de Picuí sofre queda nas vendas

Com o cancelamento da edição 2017 do São Pedro de Picuí, Seridó paraibano, não foi só a população que sentiu os reflexos da decisão do prefeito Olivânio Remígio (PT), mas também os lojistas que, diferente dos anos anteriores, sentiram uma forte queda nas vendas. A notícia pegou todos de surpresa e não se fala em outra coisa na cidade, diante da importância da festa para a economia local.

Através das redes sociais, um empresário da cidade externou o sentimento dos populares e lojistas. “Hoje as ruas deveriam estar lotadas, algazarras nas residências, picuienses ausentes e visitantes presentes, bares lotados e mais tarde o forrozinho animado e tradicional, mas tudo se foi de água abaixo. Ficamos só na saudade e os lojistas com suas roupas, calçados e novidades amontoadas”.

O tema repercutiu nas redes sociais. “Picuí realmente era referência no São Pedro da nossa hoje agente olha as ruas completamente vazias. É triste uma tradição de tantos anos acabar assim”, escreveu uma internauta.

“Meus familiares vieram do Paraná para prestigiar nossa tradição, mas infelizmente teve seu fim!”, escreveu outra.

Manter o tradicional São Pedro de Picuí estava entre as propostas apresentadas pelo prefeito Olivânio em seu Plano de Governo. O cancelamento do festejo foi anunciado pelo chefe do Executivo Municipal no último domingo (25). De acordo com o petista, “não havia programação orçamentária” para o evento.


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário