30 de abr de 2017

0

Sem consultar autor, Prefeitura de Picuí realiza reparo em obra de arte


Após um ato de vandalismo contra uma das estátuas da praça temática de Picuí, Seridó paraibano, mais conhecida como Praça do Boi, no mês de março desse ano, outro fato envolvendo o local turístico vem à tona. Sem a autorização ou consulta ao autor da obra, a Prefeitura Municipal realizou o concerto alterando cores e o formato original da escultura.

Através das redes sociais, após uma matéria sobre a restauração, o artista plástico picuiense José Crisólogo – autor da obra – protestou contra ação. Para ele, faltou respeito da gestão. “Protesto aqui pelo descaso feito pela prefeitura num trabalho autoral sem nenhuma consulta a minha pessoa. Não culpo a quem fez o trabalho. Faltou respeito dos gestores. É como você alterar a letra de uma música sem autorização. Essa postura não é digna de uma instituição”, escreveu o artista que concluiu destacando que se tivesse sido procurado pela gestão teria orientado o conserto.


Crisólogo recebeu o apoio de internautas que também foram contra a atitude da gestão municipal. “Parabéns pela autoria de sua peça e parabéns pela reivindicação de respeito pelo seu trabalho. Considero a atitude do secretário uma indecência com a arte, com o patrimônio público e com o artista!”, escreveu uma internauta.

Inaugurada em 2012, na gestão do então prefeito Buba Germano (PSB), dentro das festividades de emancipação política do município, a Praça do Boi é uma homenagem ao animal que dá origem ao principal prato da região, o qual propagou o nome da cidade de Picuí internacionalmente como a terra da carne de sol.

Confira abaixo, na íntegra, o desabafo do artista plástico José Crisólogo:


Nos acompanhe nas redes sociais:
Facebook (CLIQUE AQUI
Youtube (CLIQUE AQUI)
Email: politikandopb@gmail.com
CLIQUE AQUI E CONTINUE ACESSANDO

POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário