23 de abr de 2017

0

PT perde mais de mil diretórios municipais e encolhe 27% no último processo eleitoral


De acordo com os números do Processo de Eleição Direta (PED) do Partido dos Trabalhadores (PT), realizado no último dia 9, das 4,1 mil cidades onde o partido está organizado, cerca de 1.120, 27% do total, não conseguiram organizar nem sequer uma chapa de 20 filiados para compor o diretório municipal.

Nos locais em que não foi possível compor o diretório municipal, os diretórios serão substituídos por comissões provisórias.

Ao todo, 290.124 filiados compareceram ao processo eleitoral do partido em 3 mil municípios de todo o país. O número de votantes, no entanto, foi de 31%, inferior ao do PED anterior, em 2013, que teve 425 mil participantes.

Alguns dirigentes do partido apontam que o desaparecimento em algumas das cidades diz respeito à dificuldade para o preenchimento de cotas obrigatórias destinadas a negros, índios, mulheres e jovens. Enquanto outros admitem que o encolhimento do partido é reflexo da crise instaurada no PT desde o início da Operação Lava Jato, em 2014.

A debandada de prefeitos e vereadores para outros partidos também influencia a situação crítica em grande parte das cidades onde os diretórios foram extintos.

De acordo com o PT, 909 cidades nem sequer se credenciaram para eleger um diretório municipal e outras 210 não conseguiram realizar a eleição. Em 89, o partido não cumpriu o quórum mínimo de eleitores.

Acompanhe o PoliticandoPB nas redes sociais, Facebook Youtube (Politicando PB)Entre em contato com a redação do PoliticandoPB, através do email politikandopb@gmail.com. Clique aqui e continue acessando o PoliticandoPB.

ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário