25 de mar de 2017

0

Vereadora diz que prefeito de Picuí recomendou que cidadão procurasse o MP para receber medicamento


Durante seu discurso na sessão desta sexta-feira (24) da Câmara Municipal de Picuí, Seridó paraibano, a vereadora Jozelma de Aguifá (PR) declarou que o prefeito Olivânio Remígio (PT) recomendou que um cidadão procurasse o Ministério Público (MP) para ter direito a um medicamento através da Prefeitura Municipal. O medicamento, de acordo com a parlamentar, custa R$ 300.

Segundo Jozelma, ao procurar a secretária de Saúde o cidadão foi informado que a prefeitura não tinha obrigação de dar tal medicamento, mas recomendou que o mesmo procurasse o prefeito. “O senhor procure o prefeito, que se ele me autorizar eu farei um esforço e agente vê o que é que pode fazer”, teria dito a secretária.

Ao procurar o prefeito, o cidadão foi recomendado a procurar o Ministério Público para ter direito a medicação. “Procure o Ministério Público, se o Ministério Público autorizar que a secretaria compre o medicamento seu remédio será entregue”, teria dito prefeito, segundo narrou a parlamentar.

A vereadora da bancada de oposição, Ednalva Dantas (PSD), disse que ficou abismada com as declarações de Jozelma. “Fico abismada com essa justificativa. Nós sabemos que a obrigação do município é o básico, não é de agora, só que antes quantas vezes a senhora veio aqui dizer que antes a procuravam porque não tinham como pagar e agora vão ao Ministério Público feliz?”, questionou a parlamentar.


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário