16 de mar de 2017

0

Prefeito de Picuí deixa servidores do SAMU sem hora extra, denuncia vereador


A denúncia foi feita pelo vereador Ataíde Xavier (PSD), da bancada de oposição. De acordo com o parlamentar, o mesmo teria sido procurado por funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que relataram a falta de pagamento da hora extra dos profissionais por parte da Prefeitura Municipal de Picuí, Seridó paraibano.

Na denúncia, os servidores relataram que quando era vereador o prefeito cobrava o pagamento ao Poder Executivo, mas com quase três meses à frente do Executivo Municipal ainda não repassou as horas extras trabalhadas pelos condutores e técnicos em enfermagem do SAMU.

Na tarde desta quinta-feira (16), Ataíde publicou a denúncia de um servidor nas redes sociais junto com um requerimento do então vereador Olivânio Remígio (PT), do ano de 2015, solicitando ao prefeito Acácio Dantas (DEM) o pagamento das devidas horas extras.

“Pague os direitos de quem tem, cumpra com sua obrigação. Afinal, quem se elege com o voto popular, não ganha um direito acima desse povo, mas um dever para com ele”, declarou o vereador Ataíde Xavier.

Confira abaixo o requerimento do então vereador Olivânio cobrando o pagamento das horas extras dos servidores (à esquerda) e a denúncia do servidor ao vereador Ataíde (à direita).



POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário