14 de mar de 2017

0

Prefeito Aido Lira diz que AMSEC/PB avançará no debate sobre o fim dos lixões


Após participar de uma reunião com prefeitos do Curimataú e do Seridó paraibano, o prefeito Aido Lira (PSB), da cidade de Frei Martinho, que também é presidente da Associação Municipalista do Seridó e Curimataú paraibano (AMSEC/PB), declarou que a entidade avançará no debate sobre o fim dos lixões. A reunião foi promovida pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde, que tem a frente o prefeito da cidade de Cuité, Charles Camaraense (PSL).

Durante a reunião foi apresentada a proposta de instalação de uma usina de geração de energia elétrica à base de resíduos sólidos na região com baixo custo para os municípios, que seriam responsáveis apenas pela coleta e entrega do lixo à empresa. O presidente da AMSEC/PB viu a idéia como promissora. “Nós sabemos que nenhum município aqui da região tem condições financeiras de bancar um aterro sanitário, então nada melhor do que um projeto coletivo juntando todos os municípios”.

De acordo com Aido, uma próxima reunião será agendada para que o debate sobre a proposta avance. “Tivemos essa primeira reunião e avançaremos no sentido de mobilizar uma próxima com todos os órgãos fiscalizadores. Espero que nós possamos levar os prefeitos in loco e conhecer efetivamente a empresa. Que ela venha se instalar aqui e venha cumprir as metas junto aos órgãos fiscalizadores como o Ministério Público Estadual e cumprir os tão sonhados e necessários aterros sanitários dos municípios”.

De acordo com o prefeito Charles Camaraense (PSL), a instalação da empresa representa um investimento superior a R$ 50 milhões. Depois de instalada, a mesma terá capacidade de processar mais de 100 toneladas de lixo por dia.


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário