2 de mar de 2017

0

Everaldo Andrade é reconduzido à presidência do Sindicato Rural de Cuité


Após um dia de votação, o sindicalista Everaldo Andrade manteve a hegemonia de 12 anos no poder e foi reconduzido à presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Cuité, Curimataú paraibano. Everaldo disputou a Mesa Diretora da entidade contra o vereador Francisquinho das Cabaças (PSL).

A votação se encerrou por volta das 16h e só após as 20h foi divulgado o resultado oficial. Com 670 votos, Everaldo foi reconduzido à presidência da entidade ao lado do vereador Evanuel Moreira (PMDB) como vice-presidente. Francisquinho, que tinha como vice-presidente o agricultor José Alves, obteve 313 votos.

Ao todo, 1200 agricultores estavam aptos a votar. A votação começou às 8h30 desta quinta-feira (02). Ambos os candidatos acompanharam o processo durante todo o dia.

SUSPEITA DE IRREGULARIDADES NO PLEITO

Mesmo com a vitória de Everaldo, a eleição poderá ser judicializada. Já que foram constatados indícios de irregularidades no pleito, como por exemplo, vários agricultores que ao chegar à mesa de votação não tinham seus nomes na lista ou constavam que os mesmos haviam falecido.

ELEIÇÃO ACONTECE APÓS UM ANO DE ATRASO

A eleição para a escolha da nova Mesa Diretora do STR deveria ter acontecido desde o final do ano de 2015. Após ser judicializada por denúncias contra uma das chapas, o processo se arrastou até o início deste ano quando uma junta governativa foi formada e a presidência foi afastada para a preparação do pleito.

DENÚNCIAS DURANTE A INSTALAÇÃO DA JUNTA

Durante a instalação da junta várias denúncias foram reveladas através do presidente interino do sindicato, Alexandre Fonseca. Entre as denúncias, a arrecadação da entidade, que em menos de 20 dias ultrapassou os R$ 20 mil, contudo, de acordo com Alexandre, ao receber o sindicato, foi encontrado apenas pouco mais de R$ 100 em caixa, após 12 anos do ex-presidente no poder.


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário