2 de mar de 2017

0

Deputado chama políticos de 'papagaios de pirata' e diz que transposição é obra de Lula


O deputado estadual Anísio Maia (PT) condenou, na manhã desta quinta-feira (2), o comportamento dos políticos paraibanos que "querem agora aparecer como os maiores defensores" das obras da transposição das águas do rio São Francisco, e criticou propositura do deputado Guilherme Almeida (PSC) para conceder Título de Cidadão Paraibano ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pelo empréstimo de "algumas bombas que estavam sem serventia em São Paulo".  

A cidadania paraibana, no entanto, já foi concedida a Alckmin em 2005 pela Assembleia Legislativa, pela Lei 7.879/2005, ficando prejudicada a nova propositura. Para Anísio, a briga pela paternidade das obras da transposição é "um espetáculo ridículo".

"Vemos hoje um festival de papagaios de pirata. Políticos que nunca bateram um prego numa barra de sabão pela transposição querem agora aparecer como seus maiores defensores. Só faltam levar uma colher de pedreiro para sentar o último tijolo da obra", disse Anísio.

A transposição do São Francisco vai garantir segurança hídrica para 12 milhões nordestinos. O petista afirmou que a população sabe que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva é o responsável pela obra e que somente graças à sua coragem a transposição tornou-se realidade. "O presidente Lula teve força e coragem para fazer esta obra. O agradecimento e o reconhecimento vem do povo, que já o elegeu como o melhor presidente de todos os tempos", disse.

"A vontade que eles tem é de colocar uma placa dizendo que Alckmin salvou Campina Grande e a Paraíba da seca", ironizou Anísio. "O povo dirá na hora certa e sem intermediários: obrigado, Lula! Quem tiver dúvidas, pergunte a qualquer pessoa em qualquer localidade da Paraíba quem foi o responsável pela transposição", desafiou.


ClickPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário