1 de fev de 2017

0

Ruy acredita que divisão no PMDB resultará na saída de Lira e Veneziano do partido

O presidente do PSDB na Paraíba, Ruy Carneiro, acredita que a aliança da legenda com o PMDB se mantém firme para as eleições de 2018. O dirigente tucano fez algumas previsões em torno da estrutura peemedebista para o próximo pleito e avaliou que nomes como o do senador Raimundo Lira e do deputado federal Veneziano Vital do Rêgo devem deixar a sigla. Para Ruy, o senador José Maranhão segue forte à frente do partido no estado.

“Acho que existe uma tendência do PMDB se dividir e acho possível a saída de Lira e Veneziano, mas acredito que o comando do PMDB continue com Maranhão”, disse o ex-deputado federal. Ruy ainda destacou que o deputado federal Hugo Motta, o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, e o ex-governador Roberto Paulino tendem a acompanhar Maranhão e que a legenda não será prejudicada.

Para o tucano, o o momento será de reestruturação. “O PMDB fica na aliança. O partido poderá perder gente, mas também receber reforços. Com o passar do tempo, as cismas a as mágoas vão se diluindo. Tudo tem sua hora para acontecer e me parece que essa será a hora”, destacou.

Sobre as eleições de 2018, Ruy Carneiro defendeu que a legenda tem nomes para lançar na disputa, contudo, garantiu que a decisão será tomada em conjunto com os aliados. “O PSDB pode apoiar um candidato de qualquer partido, não apenas do PMDB, ou pode também ser apoiado. Sou sempre da tese prática e fria no bom sentido: os melhores entram em campo”.


Blog do Gordinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário