2 de fev de 2017

0

Joás de Brito é empossado na presidência e quer pacificar TJPB


O desembargador Joás de Brito foi empossado nesta quarta-feira (01) no cargo de presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), durante solenidade no Centro Cultural Ariano Suassuna, em João Pessoa. Mesmo com sua eleição sub judice, Joás afirmou estar confiante de que o Supremo Tribunal Federal (STF) irá confirmar seu nome para o cargo.

Em entrevista ao Portal MaisPB, o novo presidente  afirmou que sua posse é provisória e que aguarda com expectativa a decisão do STF.

“Todos sabem que essa posse é provisória, que ainda depende de uma decisão de mérito em uma Reclamação que está tramitando no STF. Acredito que a decisão seja referenda, porque desde quando estudei o assunto eu já defendi essa tese, que foi consolidada agora no caso de uma Reclamação do Rio de Janeiro. O Supremo tomou um decisão firme no sentido de anular a eleição naquele estado”, explicou ao Portal MaisPB.

Para acelerar o julgamento de processos na Justiça Estadual, Joás afirmou que será analisada a possibilidade de realizar mutirões. Para pacificar a Corte, ele aposta em “muito trabalho”.

OAB espera parceria

O advogado Paulo Maia, presidente da OAB Paraíba ressaltou que espera parceria do TJPB com a Ordem.  “O desembargador Joás sempre foi um homem correto e temos como satisfação a sua origem enquanto advogado. Esperamos que ele possa trabalhar em parceria com a OAB para melhoria dos serviços judiciário estadual ao cidadão”, disse.

Entenda a polêmica eleição da Mesa Diretora

A eleição da Mesa Diretora do Tribunal de Justiça da Paraíba dividiu a Corte em dois grupos. Em uma primeira eleição, o desembargador João Alves foi eleito para a presidência, contudo, a legalidade do pleito foi questionada no Supremo pelo grupo opositor, do qual Joás faz parte.

Com a determinação de uma nova eleição, Joás foi escolhido para presidir o Judiciário Estadual, porém, a eleição foi mais uma vez judicializada.


MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário