7 de fev de 2017

0

Advogado cuiteense critica indicação de novo ministro do STF: “triste e perigosa escolha”

Após o anúncio do nome do ministro Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal (STF), o advogado cuiteense Dagbaldo Vasconcelos criticou a indicação e disse que a escolha foi tendenciosa, triste e perigosa. Alexandre de Moraes é o nome indicado pelo presidente Michel Temer (PMDB) para substituir o ministro Teori Zavascki, que morreu em um acidente aéreo no mês de janeiro, em Paraty (RJ).

“O que todo mundo já imaginava acaba de acontecer: Michel Temer indicou Alexandre de Moraes para o cargo de Ministro do STF [...]. Ao invés de escolher um magistrado renomado e isento, com reputação ilibada, alheio ao mundo político, preferiu fazer exatamente o contrário, indicando um amigo político, ocupante de cargo em seu governo, que certamente irá para o STF tentar boicotar a operação lava jato e livrar a cara de Temer e de outros tantos políticos asquerosos, enrolados em práticas ilícitas”, escreveu Dagbaldo em uma publicação no Facebook.

Como o novo ministro ainda terá que passar pela aprovação do senado, o advogado disse que os senadores estão radiantes e que irão aprovar o nome sem objeções. “Os Senadores (de todos os partidos) estão radiantes e irão aprovar o nome de Alexandre de Moraes sem quaisquer objeções, já que a maioria deles é composta de criminosos que estão “torando um prego” com os desdobramentos da delação premiada da Odebrecht”, concluiu.

Moraes está à frente do Ministério da Justiça desde maio de 2016, quando Michel Temer assumiu interinamente a presidência da República durante o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário