20 de jan de 2017

0

Lira diz que não tem chefe: “Senador serve ao povo”

Em entrevista nessa quinta (19) o senador Raimundo Lira disse que em nenhum momento pensou em dividir o PMDB. Seu desejo é fortalecer o partido.

O senador Raimundo Lira comentou que não é coerente a ruptura na aliança com o governador Ricardo Coutinho. O assunto tem gerado rumores de racha no PMDB, mas Lira disse que essa não é a sua vontade. O senador relembra que no segundo turno das eleições estaduais de 2014, o PMDB apoiou o governador na sua reeleição. Esse apoio mútuo também era refletido no cenário nacional: “O PSB, partido do governador, era da base de sustentação do presidente, que é do PMDB”. Relembrando as alianças firmadas, Lira se defende e diz que não está servindo a dois senhores, está servindo ao estado e dispara: “Senador não tem chefe, senador serve ao povo”.

Sobre a ponte que ajudou a construir entre Ricardo Coutinho e o presidente Michel Temer, Lira diz que “todos conheceram meu esforço para isso, quem ganha é a Paraíba”. O senador ainda revelou que sofreu um boicote de “quem não queria que o governador da Paraíba tivesse uma relação administrativa com o presidente”. Mesmo revelando o “boicote”, o senador não quis dizer quem estava por trás do movimento contrário.


Polêmica Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário