30 de jan de 2017

0

Com três meses de férias, vereador novato critica recesso parlamentar de Cuité

Novato na Casa de Manoel Felipe dos Santos, o vereador Jefferson Ferreira (PMDB) declarou que apóia a redução do recesso parlamentar dos vereadores da cidade de Cuité, Curimataú paraibano. Atualmente, o Legislativo cuiteense tem três meses de recesso por ano, sendo dois no início do ano e um no mês de junho.

“Eu sou de acordo que haja uma redução, desde que haja pauta para que a gente esteja sempre apreciando e votando. Se for colocado em votação, sou favorável que haja a redução”, declarou o peemedebista.

Para o vereador Maurilhão (PSL), da bancada de situação, se fosse um mês de férias não haveria problema. “Como eu sou servidor público, eu estou acostumado com um mês de férias. Então pra mim, se fosse um mês de férias não tinha problema nenhum. Eu estou disposto a qualquer que seja a situação que se houver dentro do interesse da Câmara a vontade de reduzir esse recesso, pra mim não tem problema nenhum”, disse.

Tema de várias discussões em anos anteriores e de críticas por parte da população, o recesso parlamentar dos vereadores cuiteenses nunca sofreu nenhuma alteração. Há parlamentares que justifique os três meses de férias declarando que mesmo sem sessões os vereadores não deixam de trabalhar, pois mantém suas visitas e o assistencialismo aos seus eleitores.

As sessões da Câmara Municipal de Cuité são realizadas duas vezes por semana, sendo uma na segunda e outra na quinta-feira. Em recesso desde o mês de dezembro, as sessões ordinárias da casa devem ser retomadas no mês de março.

Em algumas cidades da região, as sessões das Câmaras Municipais já foram retomadas. Na cidade de Picuí, Seridó paraibano, por exemplo, os vereadores deram início ao ano legislativo na última sexta-feira (27).


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário