29 de dez de 2016

0

[Vídeo] Dona de casa do Damião procura filho que não vê há 44 anos

Uma dona de casa da cidade do Damião, Curimataú paraibano, procura seu único filho que a mesma não vê há 44 anos. Conhecida como dona Irene, a aposentada disse ao PoliticandoPB que após o nascimento seu filho só passou 24 horas ao seu lado. Depois disso, o recém-nascido foi doado e a mesma nunca mais o viu.

A única informação que ela tem é que o menino recebeu o nome de Moisés e que foi adotado por uma família evangélica, de boas condições financeiras, da Capital do Estado. Moisés nasceu na maternidade Cândida Vargas, em João Pessoa. “Eu não sei nada dele, ele pode até saber de mim, mas eu não”, disse.

Dona Irene ainda conta que a mãe adotiva de Moisés chama-se Célia. “Ela estudou na universidade maior que tem em João Pessoa”, declarou.

Segundo informações da aposentada, Moisés é um empresário que tem empresas entre a cidade de João Pessoa e Salvador (BA). “Eu não quero nada dele, eu só quero vê-lo, tenho muita vontade. Sou muito doente, tenho problemas no coração. Antes de morrer eu queria vê meu filho”, apelou.

Ela ainda disse que não quis doar o filho. “Eu não quis doar, eu queria criar, mas com 24 horas depois quando foram me buscar com meu filho já tinham dado ele”, revelou.

Quem tiver informações que leve ao filho de dona Irene, entre em contato através do número (83) 9 9300-7684 ou através da página do PoliticandoPB no Facebook.

Assista a reportagem do PoliticandoPB com dona Irene:


Nenhum comentário:

Postar um comentário