23 de dez de 2016

0

“Demonstra irresponsabilidade com o povo”, diz Maurilhão sobre votação da LOA de Cuité

Presente na sessão extraordinária da Câmara Municipal de Cuité, Curimataú paraibano, que aprovou a Lei Orçamentária Anual (LOA) do município, na noite desta quinta-feira (22), o vereador eleito Maurílio Macedo – Maurilhão (PSL) declarou que a forma como a peça orçamentária foi votada demonstra a irresponsabilidade dos vereadores da atual bancada de situação com o povo. A LOA foi aprovada nesta quinta-feira com uma emenda do vereador Max Wéber – Quinho (PMDB), que limita em 7% o crédito suplementar do município.

“Isso é uma falta de responsabilidade com Cuité, não tem nada haver com política, chama-se irresponsabilidade com o povo da nossa terra. Deviam fazer o papel de vereador, ter cidadania, respeitar o povo, respeitar as urnas. É uma total falta de respeito com o povo de Cuité”, disparou.

Através das redes sociais, o vereador eleito ainda escreveu que a aprovação da emenda “é clara manobra de retaliaçāo para inviabilizar a próxima gestão”.

Com a Câmara Municipal lotada de populares, os vereadores Quinho (PMDB), Evanilson Almeida (PMDB), Geraldo Leite (PSDB), Maria de Pituca (PMDB), Missias (PMDB) e Renan Furtado (PSC), da bancada aliada da prefeita Euda Fabiana (PMDB), a LOA foi aprovada com a emenda que limita o crédito suplementar do município.

Clique aqui e confira a matéria completa sobre a sessão.


POLITICANDOPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário