3 de nov de 2016

0

Recurso extra alivia crise nos municípios, Cuité e Picuí receberão quase R$ 2 milhões


Graças ao programa de regularização de ativos, mais conhecido como repatriação de recursos, os municípios brasileiros deverão receber, ainda este mês, R$ 5,726 bilhões. Ao todo, o programa trouxe de volta à economia brasileira R$ 169,9 bilhões. Foram arrecadados com Imposto de Renda (IR) e multa da formalização dos valores R$ 50,9 bilhões.

Do total arrecadado com multas e IR, estados e municípios tem direito apenas ao montante obtido com IR, o que equivale a 50% do valor, ou seja, R$ 24,580 bilhões. A outra metade, equivalente a multa, fica inteiramente com a União.

Já a partilha dos valores do IR, respeitam os percentuais do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os municípios receberão 22,5% desse valor, o equivalente a R$ 5,726 bilhões. Um montante de R$ 332 milhões já foi pago no mês de outubro, a expectativa é de que o restante seja repassado às prefeituras juntamente com a segunda parcela do FPM deste mês.

No Curimataú e no Seridó paraibano, as duas maiores cidades receberão, juntas, quase R$ 2 milhões. Cuité, no Curimataú, e Picuí, no Seridó, receberão R$ 986.674,75, cada. As cidades de Barra de Santa Rosa e Soledade receberão R$ 822.228,96, cada. As cidades de Nova Floresta e São Vicente do Seridó receberão R$ 657.783,17, cada. Já as cidades de Baraúna, Cubati, Damião, Frei Martinho, Nova Palmeira, Olivedos, Pedra Lavrada e Sossego receberão R$ 493.337,38, cada.

Confira, abaixo, uma tabela que detalha os valores a serem recebidos por cada município.

MUNICÍPIO
VALOR EM R$
BARAÚNA
493.337,38
BARRA DE SANTA ROSA
822.228,96
CUITÉ
986.674,75
CUBATI
493.337,38
DAMIÃO
493.337,38
FREI MARTINHO
493.337,38
NOVA FLORESTA
657.783,17
NOVA PALMEIRA
493.337,38
OLIVEDOS
493.337,38
PEDRA LAVRADA
493.337,38
PICUÍ
986.674,75
SÃO VICENTE DO SERIDÓ
657.783,17
SOSSEGO
493.337,38
SOLEDADE
822.228,96

PoliticandoPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário