28 de nov de 2016

0

Mídia nacional destaca a PB entre os poucos Estados que mantém o calendário de pagamento em dia

A crise financeira que afeta os Estados levou os governos a adotar medidas que afetaram o pagamento de servidores em pelo menos nove unidades da federação. Segundo o portal UOL em matéria especial publicada neste domingo (27), revelou que a gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB) está entre os poucos estados do país que mantém em dia o calendário de pagamento dos funcionários.

Segundo o portal, os Estados da Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Espírito Santo, Tocantins, Paraná, Pará, Alagoas, Amazonas, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Acre, São Paulo e Pernambuco, além do Distrito Federal, mantiveram o calendário de pagamento, embora alguns deles enfrentem alguma dificuldade ou tenham implementado medidas de controle de gastos.

Entre as medidas implementadas pelos nove estados em crise, estão as demissões de funcionários; atraso, escalonamento ou parcelamento nos salários; redução de vencimentos do primeiro escalão e a falta de reposição anual da inflação.

Nos casos mais graves até agora, os governos de Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul tomaram medidas drásticas e decretaram estado de calamidade pública, após cortes de gastos e atrasos em salários. Ambos alegam que estão falidos e pedem socorro federal. Entre os entes federativos em dificuldades estão Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Amapá, Roraima, Sergipe, Goiás, Mato Grosso, Alagoas e Tocantins.


PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário