10 de nov de 2016

0

Através das redes sociais, radialista cobra salários atrasados de emissora do grupo Maranhão


O radialista da Rádio Serrana 590 AM, da cidade de Araruna, Fernando Oliveira, utilizou o seu perfil do Facebook, nesta quarta-feira (09), para cobrar os salários atrasados dos funcionários da emissora pertencente ao grupo Maranhão. De acordo com informações do site Araruna Online, a emissora está com três meses de salários atrasados.

Um dos pioneiros da 590 AM, Fernando Oliveira não poupou palavras no seu desabafo. “Quero tornar de conhecimento público, a insatisfação dos colegas que militam nesta casa de comunicação pelo atraso em seus vencimentos. Aqui existem pessoas dignas que precisam honrar seus compromissos e manterem seus respectivos nomes limpos perante a sociedade. Para tanto, é necessário, em contrapartida, que o empregador pague os salários de seus funcionários para que os mesmos vivam no mínimo com dignidade humana, obrigado!”, desabafou o radialista.

Após a publicação, internautas se manifestaram em defesa do profissional. “Nossa solidariedade a todos que tem um serviço prestado a Araruna há anos levando alegrias, noticias e utilidades pública a população de Araruna e região, infelizmente essa família Maranhão que administra não tem compromisso respeito e consideração por seus servidores”, escreveu um internauta.

A Rádio Serrana de Araruna pertence a atual prefeita da cidade e irmã do senador paraibano José Maranhão, Wilma Maranhão (PMDB). Uma das pioneiras da região, a emissora que já foi uma referência no Brejo, Curimataú, Seridó paraibano, assim como no Trairi potiguar, hoje sofre, assim como a maioria das emissoras AM, com a perca de espaço para as rádios FM’s, o que reduziu o faturamento das emissoras e reflete, diretamente, na folha de pessoal.


PolitcandoPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário